José Antonio Hoyuela Jayo doutor arquiteto curriculum

PRINCIPAIS TEXTOS, BIBLIOGRAFIA

Recentemente, en 2021, foram publicados dois importantes textos da minha autoria, um deles com Noemia Barradas, a convite da revista Forum Patrimônio da UFMG, sendo seu diretor Leonardo Barci Castriota: 

O USO DA RECOMENDAÇÃO DA PAISAGEM HISTÓRICA URBANA DE UNESCO. Valladolid berço do estado moderno, e capital do império hispânico. v. 11 n. 2 (2020): Patrimônio Cultural: entre conceito e prática

NARRATIVAS E SISTEMAS TERRITORIAIS DESDE A PERSPECTIVA DA PAISAGEM CULTURAL. José Antonio Hoyuela Jayo, Noemia Lucia Barradas-Fernandes. v. 11 n. 2 (2020): Patrimônio Cultural: entre conceito e prática 

Cursos UIMP, IDE (infraestructuras de datos espaciales) y Administración Local, entre 2006 2012, acceso a los materiales de las distintas sesiones, director técnico por la UIMP Antonio Hoyuela

Aula ao ar livre no Parque Ibirapuera, Paisagem na Paisagem, foi em 2019, com nosso querido amigo e companheiro, Carlos Fernando de Moura Delphim

Outras colaborações com o Parque Ibirapuera

Hoyuela Jayo, J. A. (2020). A fortificação sistémica do Atlântico no Brasil da União Ibérica. En R. Bartholo, F. Ferreira de Mattos, & J. C. dos Santos Júnior, Patrimônio cultural de origem militar contribuições do ICOFORT RIO 2017 (págs. 101-120). Rio de Janeiro: ICOFORT, ICOMOS. 

 

A paisagem como instrumento para um planejamento sustentável: uma visão dialética entre Europa e o Brasil (Editora D’Plácido, 07/2016). (Hoyuela Jayo J. A., A paisagem como instrumento para um planejamento sustentável: uma visão dialética entre Europa e o Brasil, 2016)

 

Planes Directores para STP: entre los planes de gestión de la UNESCO y los planes de acción del IPHAN (UFSC, Universidade Federal de Santa Catarina, 10/2014).

 

Monitoramento das Paisagens Cariocas. Anais do 5º colóquio ibero-americano da paisagem cultural: patrimônio e projeto. Belo Horizonte: PPG-ACPS (UFMG) e IEDS, IPHAN e ICOMOS Brasil. Cury, I., & Hoyuela Jayo, J. A. (2018). 

As paisagens cariocas no âmbito dos tombamentos federais: propostas para seu ordenamento e gestão. Anais do 5º colóquio ibero americano da paisagem cultural: patrimônio e projeto. Belo Horizonte: PPG-ACPS (UFMG) e IEDS. Hoyuela Jayo, J. A., & Cury, I. (2018).

 

Lugares da realidade e da utopia na cidade de Belo Horizonte (Fundação Municipal de Cultura. Cadernos da Casa do Baile, 08/2016). (Hoyuela Jayo J. A., Lugares da realidade e da utopia na cidade de Belo Horizonte, 2016)

Hoyuela Jayo, J. A. (2005). Brasil, una construcción hispánica: principales hitos y etapas de las ciudades durante la Unión Ibérica, hacia la construcción de un urbanismo original ibérico. . En Actas do primer Simpósio Luso - Brasileiro de Cartografia Histórica. Rio de Janeiro: Servicio de Património da Marinha - ISCTE.

DOTVAENT

DOTSE

DOTZA

Entrevista a Antonio Hoyuela Jayo publicada no Rio Capital Mundial de la Arquitectura, agosto 2020

https://capitalmundialdaarquitetura.rio/rio-capital-mundial-da-arquitetura/entrevista-novos-horizontes-para-o-patrimonio-ambiental-e-cultural/ 

 

https://capitalmundialdaarquitetura.rio/rio-capital-mundial-da-arquitetura/entrevista-o-patrimonio-e-os-desafios-com-o-clima-e-o-desenvolvimento-sustentavel/

Entrevista a Jaime Lerner, 2011

Textos ISSUU (1) e ISSUU (3)

Certificados

Apresentação oficial dos trabalhos do projeto PRODOC 4018 no contexto do PDU de Rio de Janeiro, Plenaria do dia 07 maio 2021, a convite da SMPU, PRJ (Metodologia, níveis e escalas de planejamento), como membro de ICOMOS Brasil

CRISTOS REDENTOR Y DEL OTERO

Jornadas divulgativas del hermanamiento de los Cristos del Otero y Redentor, conferencia sobre Patrimonio Cultural es Paisaje, día 11 de junio de 2021, Antonio Hoyuela

y también en portugués, traducido por equipo de especialista en el Teatro Principal, en Palencia

Todas las jornadas en este link

Curriculum corto 2021 (Es)
Extendido 2021 (Es)
Curriculum Lattes (Br)
Curriculum outubro 2020 (es)
Curriculum setembro 2020 (en)
Curriculum outubro 2020 (pt)
CURRICULUM BREVE

Doutor e mestre em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Valladolid, com a tese HISPANICA URBS BRASILIARUM, ainda inedita. Graduado em Arquitectura pela Universidad de Valladolid (1994), titulo de Arquiteto e Urbanista revalidado pela UFMG (2015).

Foi diretor gerente da Area de Sistema de Informação de INZAMAC (1996-2003), director gerente de COTESA (2004-2006) e de TERYSOS (2006-2015), hoje é diretor gerente de TERYSOS do BRASIL, Ltda (2013 - hoje).

Atualmente é diretor - TERYSOS DO BRASIL, LTDA. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Planejamento e Projeto do Espaço Urbano, atuando principalmente nos seguintes temas: sig sistemas de informações geográficas, planos diretores (do patrimônio cultural), paisagem, restauro do patrimônio cultural, sutentabilidade, parques e jardins, e planejamento especial, urbano e territorial. Arquiteto Sênior, desde 1994, conta com a experiência de 25 anos na profissão.

 

Especialista em Gestão e Técnica Urbana da Fundação San Pablo CEU. É Especialista em Planejamento Urbano, Territorial e Estratégico tendo trabalhado em mais de 15 planos ou projetos territoriais. E especialista em desenho gráfico por computador, Sistemas de Informação Geográfica SIG, cartografia e com grande experiência na sua aplicação à Planificação Geral e Planificação Regional. Essa visão Tecnológica e ao mesmo tempo de Planejamento, com sua experiência na docência em Planejamento Sustentável e Infraestruturas de Dados Espaciais, IDE compõem a sua maior colaboração ao conhecimento do território, da cidade, da cultura, do patrimônio (material e imaterial), do meio ambiente (mesmo na área de riscos naturais e antrópicos) e da paisagem (como elementos de sínteSE). Membro de ICOMOS Brasil (nº 18007 Bra).

Comisario da exposição URBS IBEROAMERICANA e promotor do projeto Brasil Hispâniico projeto em andamento na Lei Rouanet. Membro da Comissão especial de Geomática do Conselho Superior Geográfico, IDEE. Membro de ICOMOS Brasil e dos comités científicos de Fortificações, Mudanças Climáticas, Paisagens Culturais e secretario do comité científico de Cidades e Vilas Historicas.

Membro da Associação Espanhola de Paisagistas. Dirigiu durante seis anos os cursos de Infraestruturas de Dados Espaciais da UIMP, no campus de Cuenca, Espanha. Hoy dirige el proyecto Brasil Hispánico en el marco de la Ley Rouanet. Antonio Hoyuela também é Diretor da iniciativa ECOINNO, Ecología e Innovación.

De 2017 a 2020, trabalhei como consultor da UNESCO no projeto PRODOC4018, em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Iphan. Pesquisamos e desenhamos novos e inovadores instrumentos para a Ordenação e para a Gestão Compartilhada do Patrimônio Cultural Brasileiro, no contexto da paisagem cultural chancelada pela UNESCO, do desenvolvimento sustentável e do combate as mudanças climáticas. Os trabalhos incluem o aprimoramento da gestão de bens tombados nacionais, entre os quais 20 no Rio de Janeiro, com especial foco nos âmbitos da Lagoa Rodrigo de Freitas, São Conrado e Jacarepaguá, e também na Floresta da Tijuca e nas Paisagens Cariocas. A ideia é aquela de entender o patrimônio cultural no território e na paisagem, pensar a sua preservação, desde a conservação e desde sua requalificação, e como um importante vetor para o desenvolvimento sustentável do Brasil. O trabalho propõe instrumentos legais, normativos (portarias, minutas, diretrizes...) e também soluções naturais e culturais baseadas no uso da paisagem, e na priorização dos serviços ecosistémicos, das infraestruturas verdes, e na requalificação do espaço público e a integração da natureza. O objetivo da proposta de pesquisa era desenvolver instrumentos para reforçar a qualidade da paisagem, integrar as políticas públicas, pensar a multiplas escalas, ao tempo que reforçam a identidade, os valores simbólicos, e sirvam como motor do desenvolvimento social, ambiental e económico do país.

Trabalhei e colaborei com as secretarias municipais de meio ambiente (SMAC) e urbanismo (SURB), com o Instituto Rio Patrimônio da Humanidade e o Instituto Pereira Pasos e com as secretarias estaduais de cultura (INEPAC) e de meio ambiente (INEA), entre muitos outros. agentes, participantes dos comitês gestores da Paisagem Carioca e do Parque Nacional da Floresta da Tijuca.

20180531_145827_edited.jpg

PROGRAMAS DE TV OU VIDEOS

Desafios e oportunidades para o turismo nas cidades Patrimônio Mundial, palestra no 7º Encontro Brasileiro das Cidades Hisstóricos Turísticas e Patrimônio Mundial, em Salvador de Bahia, em dezembro de 2020 (OCBPM e CNM)

PAISAGENS HIBRIDAS: Patrimônios paisagísticos e jardins em Minas Gerais sob a ótica da Ecologia da Paisagem. Palestra: O Plano Diretor do Parque Municipal de BH, coração verde da cidade de Belo Horizonte.

 

Entrevissta na TV Camara Rio de Janeiro sobre a herança do patrimônio ibérico no Rio de Janeiro e o impacto do periodo da União Ibérica

Brasil Hispânico, tertulias Brasil - Portugal. O Projeto "Tertúlias Portugal - Brasil: momentos de conhecimento sobre a história que nos une" é uma criação do MGen. Rui Moura (Portugal), do Cel. Elcio Secomandi (Brasil) e do Prof. Dr. Cesar Bargo (Brasil). A 6a. Tertúlia tem como tema: "O período filipino no Brasil: diferentes influências ibéricas durante a união das coroas, 1580-1640“, apresentado pelo Dr. José Antonio Hoyuela Jayo.

Entrevista em Arquitetos da Paisagem, São Paulo 2019

Palestra no Centro Lucio Costa, Rio de Janeiro, sobre Patrimônio Natural no IPHAN, no contexto do projeto PRODOC 4018 da UNESCO.

Candidatura de Valladolid a Patrimonio Mundial de la UNESCO, Historical Urban Lanscape, Radio Nacional de Espanha, com Valeria Saconne  e  apresentação no Museu do Patio Herreriano, Valladolid, Marzo 2018.

Desenvolvimento Sustentável e as Paisagens Cariocas, bate papo com Eduardo Acosta

OS Parque Urbanos, julio 2020, Câmara Técnica de áreas Verdes e do Patrimônio Natural, Webinar, Prefeitura de Rio de Janeiro

ESCALAS do planejamento no contexto da revisão do PDU da Cidade de Rio de Janeiro, maio 2021, Plenaria do día 07 05 2021, intervenção de Antonio Hoyuela

O Patrimônio Cultural como ferramenta para o enfrentamento das mudanças climáticas, comité científico de Mudanças Climáticas de ICOMOS Brasil, Este webinar vai debater a questão central da relação entre as mudanças climáticas e os patrimônios, numa perspectiva interdisciplinar. Especialistas de diversas áreas vão abordar  os significados das mudanças climáticas para os múltiplos patrimônios e as comunidades. Também serão discutidos os riscos que assumimos cotidianamente no que tange à temática e as possíveis táticas para aumentarmos a resiliência para o enfrentamento das crises. Agosto 2020

Urbanismo Ecológico Postcovid, webinar da serie Natureza e Cidade, PUC, curso de post-graduação de Paisagens Sustentáveis, Rio de Janeiro, 2020 (coordenado por Cecilia Herzog e Pierre Martin). Experiências europeias, e trabalhos desenvolvidos nos úlitmos anos na Europa e no Brasil, por A. Hoyuela.

O Mundo Gaucho e o Turismo com Erva-Mate: Gestão Integrada e Sustentável e Planos Locais, convidado pela FAMURS, dia 15 09 2020, com Luciana Maria Gobbi Ilvandro Barreto de Melo e Mario Nascimento, eu participei como especialista e coordenador técnico do projeto GISTUR

Congreso Internacional de Paisajes Culturales, Chiquitana Boliviana 2020, con dos temas:

DIA 02 Rio de Janeiro, Cambiios Climáticos y Pandemia (de la hora 1,58, a la hora 2.30, más o menos)

DIA 03 Las misiones guaranis y el turismo (de 1.48 al 2,28)

DIA 01 Primeiro dia do Congresso clicka aquí

PROGRAMAS DE RADIO (RNE em português)

Entrevista RNE com Valeria Saconne, a normatização e gestão do Patrimônio Cultural Federal No Rio de Janeiro, por Antonio Hoyuela, consultor da UNESCO, IPHAN, PRODOC 4018.

Presentación en la oficina del PDU de Rio de Janeiro, Brasil de los trabajos de UNESCO - IPHAN

Um passeio pelo Patrimônio Urbano Espanhol no Brasil, as cidades filipinas no território brasileiro, entrevista em RNE em português.

A cidade de Santander desde a perspectiva de Antonio Hoyuela, arquiteto, por Valeria Saconne, RNE, Radio Nacional de España

Entrevista RNE de Cristo en Cristo, del Cristo Redentor al Cristo del Otero, a partir del minuto 10' de Rio de Janeiro a Palencia.

Conferencia sobre Paisajes Culturales, desde la perspectiva de UNESCO, presentando el comité científico internacional de Paisajes Culturales de ICOMOS-IFLA, del que formo parte desde 2018, con Patrícia O'Donell, su presidenta internacional (de Vermont, EEUU), y Betina Adams (Florianópolis, Santa Catarina, Brasil), vicepresidenta internacional y responsable del grupo Latinoamerica-Caribe (grupo increíble de profesionales del que formó también parte y con los que aprendo cada día). Yo hablo a partir del minuto 45 mas o menos, sobre el cristo del Otero y el Cristo Redentor, espero que os guste.

Apresentação no Encontro - Mesa Redonda: CIDADE E BIODIVERSIDADE: GOVERNANÇA, MOVIMENTOS SOCIAIS E DIREITO À PAISAGEM, dentro do Colóquio Lote e quadra, cidade e territóriosegue para a sua terceira edição, com o interesse de reunir pesquisadores, profissionais, graduandos e pós-graduandos de distintas áreas de atuação para refletir o tema espaços livres, redes ecológicas e o direito à paisagem. Título da palestra: Cristo Redentor e Cristo do Outeiro, o patrimônio cultural desde a perspectiva da paisagem Espanha

Entrevista en RNE sobre el Paço de São Cristóvão (Museu Nacional y sede de la familia imperial), en Rio de Janeiro, y el concurso que acabamos de ganar junto a EMBYÁ, Carlos Fernando de Moura Delphim y TERYSOS do BRASIL, Ltda, así como sobre el estado del patrimonio cultural carioca, fluminense y brasileño en general (ICOMOS, IPHAN, UNESCO...)

GISTUR, Gestão Integrada e Sustentável das Cidades Históricas Patrimônio Muncial (UNESCO) apresentação no 7º ENCONTRO BRASILEIRO DAS CIDADES HISTÓRICAS TURÍSTICAS E PATRIMÔNIO MUNDIAL 2020, em Salvador de Bahia